Palmitinho-RS

Palmitinho é uma pequena e charmosa cidade do Rio Grande do Sul, que tem a sua economia baseada na agricultura, suinocultura, comércio e serviços. 

Quem busca a tranquilidade do interior gaúcho encontra nesse município uma maneira de vivenciar um pouco desse cotidiano familiar e acolhedor, além de poder apreciar a beleza das ruas que são bem arborizadas e com canteiros floridos.

Os habitantes da cidade são, em sua maioria, muito devotos da padroeira, Santa Terezinha, e a igreja construída em homenagem a ela é um dos atrativos do local. 

Palmitinho também conta com a Praça do Lago, um local que reúne amigos e familiares para a contemplação da natureza, momentos de lazer, boas conversas e descanso. 

Saiba mais sobre a história do município: 
Imigrantes italianos e luso-brasileiros chegaram na localidade em 1936, vindos de municípios como Caxias do Sul, Guaporé, Nova Roma e Taquari. Antes disso, o lugar já era habitado por indígenas caingangues. 

Às margens do rio Guarita, o professor Júlio Ugarte, sob convênio com o governador do Estado do Rio Grande do Sul, Walter só Jobim, realizou a colonização Guarita, um projeto que recebeu 602 pessoas. 

Durante a primeira metade da década de 60, a pacata e hospitaleira comunidade palmitinhense se credenciou a uma vaga entre os municípios gaúchos.

Sua emancipação política se deu no dia 22 de maio de 1966, quando Palmitinho desmembrou-se do Município de Frederico Westphalen.

O nome da cidade é o diminutivo de “palmito” e se originou de uma das várias espécies de palmeira da família de plantas monocotiledôneas, principalmente da “Euterpe edules”, com suas palmas compridas e também pela quantidade de palmitos pequenos existentes na região. Uma curiosidade contada pelos primeiros habitantes, é que seis dessas palmeiras foram plantadas em frente ao primeiro oratório, construído na antiga praça da sede deste município.
 

O clima de Palmitinho é subtropical, com as quatro estações do ano bem definidas.

Palmitinho fica a 20,5 km de Frederico Westphalen e a 435 km da capital Porto Alegre. Visitantes de regiões mais distantes podem pousar no aeroporto mais próximo localizado na cidade de Chapecó (SC). As rodoviárias são boas opções para visitantes da região, assim como o trajeto de carro.

Para conhecer o município é possível fazer o trajeto a pé ou se locomover de automóvel, que pode ser o particular, taxi ou por aplicativos de mobilidade urbana. 

FOTOS